Notícias -Salão de Detroit 2017

Salão de Detroit cheio de novidades

O Salão de Detroit é tradicionalmente o primeiro do ano, começando poucos dias após a virada. Não é o maior em metragem quadrada mas é um dos melhores e acontece todo ano na cidade sede das maiores montadoras americanas Detroit em Michigan numa temperatura regulando - 16 gruas abaixo de zero. Neste ano o destaque foi para os veículos autônomos e semi-autônomos, foram diversos modelos conceitos mostrados pelos expositores.

Para a imprensa especializada começar pra valer o ano, nada melhor que fazer uma cobertura do Salão Internacional de Detroit que acontece todos os anos bem no início, este ano a General Motors do Brasil aproveitou a ocasião trouxe um grupos de jornalistas especializados para o lançamento do Tracker em seguida para a cobertura do Salão que já começou bem para a GM recebendo o prêmio de Carro do Ano para o Bolt seu carro elétrico, logo na Abertura do evento como acontece todos os anos tradicionalmente.  Vale lembrar que os vídeos do salão de Detroit/17, já estão disponíveis em nosso canal no Youtube.com/webseminovos.

Chevrolet

A Chevrolet apresenta o novo Traverse e o  Equinox, entre outros. Com capacidade para oito ocupantes, o Traverse agora passa a ser equipado com um retrabalhado V6 3.6 l ou um turbinado quatro cilindros 2.0 l. Outra novidade da marca é o reestilizado Equinox, que está cotado para vir a substituir a Captiva. Caso venha realmente a ser importado, o Equinox possivelmente desembarcará no mercado brasileiro ainda em 2017, mas ainda não confirmado oficialmente pela mondadora.

Bolt carro elétrico foi o grande vencedor do Prêmio Carro do Ano que acontece todos os anos nos Estados Unidos, júri composto por jornalistas e sempre divulgado na abertura de imprensa do Salão.

Audi Q8

O Q8 foi a atração maior da Audi  em seu estande o conceito, ainda um conceito, o SUV já ostenta quase todas as formas da versão definitiva do modelo de produção. Com faróis de LEDs, avantajadas entradas de ar na dianteira e lanternas traseiras que se estendem pelas laterais, o protótipo do Q8 usa motorização híbrida - uma unidade a gasolina 3.0 litros com 333 cv  e um elétrico com 136 cv e 33,6 kgfm, enquanto o câmbio é automático de oito marchas. O lançamento está programado para acontecer em 2018.


Honda Oldyssey

Os modelos disputam a mesma categoria, que tem apresentado queda nas vendas, perdendo mercado para os SUVs. Agora, tentam se reinventar para não desaparecerem dentro de alguns anos.

A japonesa lança em solo norte-americano a nova Odyssey, que chega à quinta geração tentando fazer frente aos SUVs, que se tornaram uma disputa mundial e se transformaram em alvo predileto do mercado. Para tanto, a minivan estreia um retrabalhado motor V6 3.5 litros com 283 cv e transmissões automáticas de nove ou dez marchas. Por dentro, espaço e itens para o conforto são os destaques da Odyssey.

Kia

A marca coreana deve apresentar um modelo baseado no conceito GT o Stinger. O veículo de produção será um sedã, mas com pretensões esportivas.  Bem desenhado e cheio de estilo, abriga debaixo do capô motores 2.0 l turbo com 255 cv e 36 kgfm de torque e o V6 biturbo 3.3 l com 365 cv e 50,4 kgfm. Ambas as unidades trabalham com um câmbio automático de oito marchas. A tração é traseira.

Mercedes-Benz GLA reestilizado

No estande da alemã, o revigorado GLA, o Classe E Coupé e o AMG GT C Coupé Edition 50. O GLA, fabricado também no Brasil, agora está com faróis de LEDs e visual pouco mais agressivo. O Classe E Coupé, previsto para chegar ao Brasil ainda em 2017, estreia novas tecnologias - condução semi-autônoma é uma delas - mas mantém a gama de motores a gasolina e a diesel. Já a sensação é mesmo o AMG GT C Coupé Edition 50, edição comemorativa de 50 anos e que traz um endiabrado motor V8 4.0 l biturbo de 557 cv e 69,4 kgfm.

Mercedes-Benz Classe E Coupe

A versão cupê do Classe E já teve as primeiras imagens e informações reveladas, mas só aparecerá ao público em Detroit. A marca alemã já confirmou a chegada do modelo ao Brasil ainda em 2017. Ele traz tecnologias do sedã, como a condução semi-autônoma e o quadro de instrumentos digital.

Toyota Camry

Sendo o automóvel mais vendido dos Estados Unidos vai entrar na oitava geração. O modelo, inclusive, deve ser o de maior destaque para os americanos. Imagina-se que a mondadora japonesa abandone um pouco as linhas conservadoras, e adote um estilo semelhante ao do Prius, com as devidas proporções de exagero.

Volkswagen

Tiguan Allspace e ID Buzz

Este sim, um modelo que interessa aos brasileiros. A versão americana do Tiguan será alongada, na comparação com o carro europeu. Isso para que o crossover possa receber uma fileira adicional de bancos, elevando a capacidade para 7 passageiros.

Entre os destaques, o conceito ID Buzz, uma Kombi para lá de futurista, e o Tiguan Allspace. O ID Buzz tem dois motores elétricos que totalizam 369 cv de potência e autonomia de 435 quilômetros. Já o Tiguan Allspace é uma versão alongada do SUV e tem capacidade para até sete ocupantes. São 11 centrímetros a mais de entre-eixos, totalizando 2,79 metros, e comprimento 21 cm maior, com 4,70 m.

BMW

A BMW o salão de Detroit  aproveita para estrear o novíssimo Série 5. Em sua sétima geração, o Série 5 agora está ainda mais sofisticado e tecnológico, além de um visual bastante arrojado. O sedã já chegará às revendas mundiais em fevereiro, enquanto aqui no Brasil o lançamento  deverá acontecer ainda no primeiro semestre de 2017. 

Ford

A Ford  anunciou o retorno da picape Ranger e do utilitário esportivo ao mercado dos Estados Unidos. Outra novidade é a remodelada F-150, o modelo mais vendido do mercado americano há 35 anos. Além dos três, a Ford apresenta o nosso EcoSport, que, por sinal, será lançado aqui no Brasil ainda em 2017. O visual está mais limpo e não há estepe na tampa do porta-malas,vale lembrar que não teremos sem estepe na tampa traseira e somente para o mercado americano segundo a Ford Brasil.

Nissan

Sem dúvida um dos carros mais belo do Salão de Detroit a Nissan estreia o  Vmotion 2.0, carro-conceito que é, na verdade, um estudo de design de como serão os futuros sedãs da marca. O protótipo também serve para apresentar tecnologias como o ProPILOT, que faz parte do sistema Mobilidade Inteligente da Nissan e permite a condução autônoma nas cidades.



Vídeo



Galeria de Fotos


Comentários



Relacionadas

Assine nossa newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as ultimas notícias do mundo automotivo direto em sua caixa de e-mail.